A história do bebê de 2 meses abandonado entre dois túmulos em cemitério

O caso aconteceu nas Filipinas.

Um bebezinho de apenas dois meses de idade foi abandonado na rua entre dois túmulos de um cemitério localizado na cidade de Quezon, nas Filipinas. O caso pode parecer até mentira ou apenas uma história sem ser verdadeira, mas de fato isso aconteceu.

Moradores da região que moram perto do cemitério, ouviram choro de uma criança vindo do local e decidiram se aproximar para ver de perto o que estava acontecendo, foi quando eles vieram um bebezinho e ficaram chocados pensando quem foi a pessoa cruel que teria feito aquilo.

O bebê estava de bruços e chorando bastante, provavelmente por conta do frio e da posição na qual estava. Os moradores então pegaram a criança e levaram para um local seguro, prestaram os primeiros cuidados e depois ligaram para as autoridades, afim de reportar o caso..

O menino foi levado para o hospital e passou por exames. No local, os médicos ficaram pasmos com a história dele e surpresos com a forma que ele conseguiu sobreviver sendo abandonado e sujeito a inúmeros riscos, como de insetos, ratos e clima.

Guilhermo Eleazar, que foi o delegado responsável pelo caso, contou que a mãe do menino foi identificada e se chama Lara Sentilhas, ela irá responder na justiça pelo crime de abandono de incapaz.

 

Além disso, Lara também não terá mais a guarda do filho. Quanto ao pai do garotinho e os familiares, detalhes não foram divulgados.

Escrito por Jackson S

Universitário, acompanho diariamente o mercado financeiro e nas horas vagas escrevo artigos de curiosidades, reality's e entretenimento em geral!