Auxílio Emergencial: Benefício tem chances de ser prorrogado novamente

A possibilidade está sendo considerada internamente pelo o Governo.

O Auxílio Emergencial é um dos auxílios fornecidos pelo governo brasileiro em meio a pandemia do Coronavírus.

O benefício é avaliado em 600 reais e visa ajudar aquelas famílias mais necessitadas diante da crise da COVID-19, com foco em trabalhadores informais que tiveram suas rendas afetadas devido aos estabelecimentos públicos e comerciais estarem fechados.

O programa logo foi aprovado pelo o governo brasileiro e começou a ser distribuído em meados de março. Inicialmente, o benefício seria concedido em três parcelas, abrangendo os meses de abril, maio e junho.

Porém, como a pandemia do Coronavírus não parece estar perto do fim, o Auxílio Emergencial foi prorrogado em mais duas parcelas, surgindo a quarta e quinta parcela para o recebimento do dinheiro. Todas as parcelas tiveram o valor de 600 reais, assim totalizando 3.000 reais para os beneficiários.

Porém, existe uma possibilidade de o benefício ser prorrogado novamente. Segundo informações fornecidas pelo canal de comunicação Gazeta do Povo, o governo já está trabalhando internamente com esta probabilidade de o auxílio ter que ser estendido mais uma vez.

De acordo com o técnico do Ministério da Economia, o governo precisa se decidir logo em relação ao benefício que substituirá o Auxílio Emergencial. Caso o contrário, a tendência é que o próprio Congresso aprove a prorrogação do Auxílio, que deverá ser estendido até o final do ano.

Os custos públicos para o governo manter o programa em apenas um mês é de mais de 50 bilhões de reais. Por este motivo, o atual Ministro da Economia, Paulo Guedes, ordenou uma aceleração na criação do programa Renda Brasil. Este programa deve substituir o Auxílio Emergencial e ser criado durante o governo de Jair Bolsonaro. Além do Auxílio Emergencial, o Renda Brasil, deve substituir o Bolsa Família e outras ajudas fornecidas pelo o governo.

A estimativa é que cerca de 20 milhões de pessoas irão receber o Renda Brasil.


PUBLICIDADE

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.