Boa Notícia: Vacina produzida contra Covid-19 no RJ pode ser distribuída em janeiro

Fundação Oswaldo Cruz "Fiocruz" irá produzir vacina e deve distribuir para população já em 2021

Vacina contra o novo coronavírus produzida no Rio de Janeiro pode ter início de distribuição em janeiro

O projeto vem de acordo com a Universidade de Oxford e previu a produção da vacina com mais de 30 milhões de doses. Caso tenha sido comprovado sua eficácia na imunização.

Se todo o plano ocorrer de acordo em janeiro do ano que vem a fundação Fiocruz terá a permissão para produção e distribuição da vacina contra Covid-19. A receita do medicamento está sendo estudada é passando por desenvolvimento dentro do laboratório de Manguinhos na “ZN” do Rio de Janeiro com apoio da Universidade de Oxford.

A dose desta vacina produzida pela Fiocruz está dentre as mais promissas no mundo ao todo são mais de 140 instituições que estudam e testam vacinas contra a doença. O reconhecimento público do acordo da Fundação Fiocruz com Oxford foi divulgado neste sábado.

Com este acordo todo o centro de desenvolvimento de Oxford passará para Fiocruz para assim gerar a reprodução da vacina, o acordo tende a que a fundação brasileira comece a finalizar à vacina recebendo os insumos é das doses. Depois toda instituição terá total controle de todas as redes de produção disponíveis no Brasil para a vacina.

A doença já esta sendo testada em animais, logo após ela passará a ser testada em pequenos grupos de pessoas voluntárias chegando há uma grande margem confortável até ser redistribuída para toda a população.

De certa forma que a vacina seja aprovada é prevista que mais de 15 milhões de vacinas sejam produzidas até dezembro deste ano e liberada em janeiro do ano que vem, no início do ano que vem serão produzidas mais outros 15 milhões.

As primeiras pessoas que iram receber a dose da vacina serão às que estão no grupo de risco como os idosos, doenças crônicas e o máximo dos profissionais na área da Saúde. Segundo o Ministério da Saúde deverá ser gasto mais de 1,5 bilhões para a produção destas vacinas, depois desta primeira remessa de 30 milhões de doses mais 70 milhões serão produzidas.


PUBLICIDADE

Escrito por Melissa Lopes

Trazendo "De tudo um pouco" por aqui. Relacionamento, notícias, curiosidades, receitinhas que amamos! Seja bem vindo!