Bonner é duramente criticado após mais notícias tristes divulgadas no Jornal Nacional

O Jornal Nacional é considerado um dos maiores telejornais do país. Contudo, não deixa de sofrer com críticas.

O Jornal Nacional pode ser considerado um dos maiores telejornais do país. O programa é exibido pela Rede Globo e tem o objetivo de manter a população brasileira informada. Com a pandemia do Coronavírus atingindo o nosso país de maneiras drásticas, diversos telejornais da emissora têm dedicado uma parte da atração para trazer as mais novas informações referente a doença. No Jornal Nacional, todas as noites, os números de casos e mortes causados pela COVID-19 são atualizados.

William Bonner ou Renata Vasconcellos são os responsáveis por informar a situação do país em relação a pandemia. E nesta segunda-feira, dia 29 de junho, Bonner divulgou o número coletado através de uma parceria entre diversos canais de comunicação e as secretarias de saúde para noticiar a população. A iniciativa se deu após o Ministério da Saúde informar que divulgaria os números de maneira diferente. Com isso, os principais canais de comunicação se reuniram para coletar os números corretos e informar a população.

E nesta segunda-feira, o número de mortes, informado por Bonner, foi de 727 pessoas. O número total de mortes causados pelo vírus já chegou em 58.385. Os casos em nosso país já passaram da marca de 1 milhão, atingindo 1.370.488. Nestas últimas 24 horas, houve um aumento de 25.234 casos registrados.

Nas redes sociais, muitos internautas criticaram a publicação feita pelo perfil oficial do Jornal Nacional. Um internauta afirmou que quando o número de mortes é menor que o esperado, o Jornal não chega a citar isso na reportagem. Outro questionou o porquê a emissora não mostrava notícias boas, como o número de curados.

Veja abaixo algumas das críticas feitas pelos internautas:

 

No ranking mundial de casos da doença, o Brasil já aparece em segundo lugar, estando apenas atrás dos Estados Unidos. Infelizmente, muitos pesquisadores apontam que o Brasil será o novo epicentro da doença.


PUBLICIDADE

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.