Coronavírus: Sociólogo afirma que espécie humana está em ameaça de extinção e que as pessoas nem imaginam essa possibilidade

O sociólogo acredita que a espécie humana pode estar lidando com uma ameça de extinção.

Jeremy Rifkin, é um sociólogo americano que defende transformações radicais em uma sociedade que é baseada no consumo de petróleo e outros combustíveis fósseis.

Ele atua como consultor de empresas e de governos em diversas partes do mundo. Durante sua carreira, escreveu mais de 20 livros que possuem a proposta de encontrar uma maneira de viver em equilíbrio com o meio ambiente e com a nossa espécie, assim protegendo o planeta.

Ele foi entrevistado pelo The Conversation. Durante a entrevista, comentou sobre a atual situação que o mundo vivencia. Jeremy acredita que a pandemia não foi uma surpresa e que é consequência direta da maneira que estamos tratando o nosso planeta, afetando o clima e não cuidando dos recursos.

De acordo com ele, outros desastres acontecerão porque continuamos aumentando a temperatura e destruindo o solo.

Além disso, Rifkin, acredita que nada voltara ao normal em curto tempo e que a pandemia é um sinal de alerta para os seres humanos. O sociólogo acredita que este é o momento para se preocupar em construir novas infraestruturas que irão permitir a vida na Terra de maneira diferente.

Segundo Rifkin, se não assumimos que estamos em um era diferente, ocorrerá ainda mais desastres e pandemias. Para o sociólogo, a espécie humana está diante de uma ameaça de extinção.

Com o decorrer da entrevista, Jeremy Rifkin, revelou que só acredita na sobrevivência da espécie humana, se ocorrer mudanças que devem começar desde agora. Jeremy tem convicção que a vida humana não irá durar por muito tempo se não ocorrem mudanças em diversas áreas, novos empregos precisaram surgir, novas maneiras de utilizar fontes de energia e principalmente, mudança na consciência das pessoas sem relação a suas vidas em nosso planeta.

Jeremy conta que suas esperanças estão depositadas na geração millenials, que está saindo das salas de aulas para exigirem mudanças concretas.

Via: bbc.com


PUBLICIDADE

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.