Filha de Leandro revela verdades sobre o pai após 22 anos de sua morte: ‘ele mentia sobre a doença’

Leandro da dupla com Leonardo, era um dos maiores cantores do Brasil e faleceu vítima de um câncer.

Na última semana se passaram oficialmente 22 anos desde que o famoso cantor sertanejo Leandro, morreu. Ele fazia dupla com o próprio irmão que se chama Leonardo e juntos fizeram muito sucesso.

Na época de seu falecimento, o Brasil inteiro lamentou a perda de um dos grandes artistas da época. Leandro morreu após não ser capaz de vencer uma luta contra uma das doenças que mais mata no mundo, o câncer.

O cantor tinha um câncer no pulmão e recentemente sua filha, Lyandra Costa, revelou algumas informações sobre o pai que repercutiram bastante na mídia e nas redes sociais. A jovem afirmou que o pai mentia sobre o câncer.

“Meu pai tinha um curativo da biópsia no peito e ele me dizia que tinha caído com um copo de vidro na mão. E também falava para eu não andar com um copo de vidro na mão”, explicou Lyandra durante uma entrevista para o Yahoo!.

Quando Leandro perdeu a batalha contra o câncer, sua filha ainda era apenas uma criança de 5 anos de idade, porém, afirmou que se lembra de muitas coisas do pai. Ficou emocionada ao mencionar os momentos de orações por telefone.

Segundo a jovem, constantemente estava em chamada com o pai quando ele estava em São Paulo e esperava sua ligação mesmo após a morte. Dizia para sua mãe tentar uma ligação com o céu, desta forma Leandro atenderia.

Na última semana a jovem utilizou suas redes sociais para fazer uma homenagem ao pai e ao tio, Leonardo. Lyandra lembrou que seu querido tio lhe ajudou bastante na caminhada.

O Brasil estava prestes e ver a estreia do filme ‘Não Aprendi Dizer Adeus’, que iria falar sobre a dupla sertaneja e sua trajetória até o sucesso. Porém, o filme foi adiado por causa da pandemia.

 


PUBLICIDADE

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.