Investigação da PF mostra mensagem de Bolsonaro para Moro: ‘tenha dignidade para se demitir’

Semanas antes de Sergio Moro pedir demissão de seu cargo, o clima com Bolsonaro não era dos melhores, confira

A novela envolvendo o atual presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro e o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, ganhou mais um capítulo recentemente. As informações são de que Bolsonaro enviou uma mensagem para Moro sugerindo sua demissão e dizendo para que ele tivesse ‘dignidade’ para se demitir.

O presidente não gostou do posicionamento do então seu ministro sobre as pessoas que não estavam cumprindo o isolamento social. Tudo aconteceu no dia 12 de abril, após Sergio Moro ceder uma entrevista em videoconferência.

Essas informações estão juntas com o restante dos documentos relacionados a investigação que a Polícia Federal realiza contra Jair Bolsonaro. Na época o ministro teve uma entrevista publicada pelo jornal ‘Valor Econômico’ e disse que a polícia poderia prender quem não obedecesse às normas da quarentena.

O presidente desde o começo da pandemia não defende essa ideia de que a polícia deve prender os brasileiros que não ficassem isolados em suas casas. O próprio isolamento era motivo de desgosto do presidente.

O desentendimento no dia 12 de abril pode ser visto hoje como uma previsão do que já iria acontecer semanas depois. Sergio não ficou muito tempo no governo depois do dia 12.

No dia 24 de abril ele oficializou sua saída do governo e renunciou o cargo como ministro da Justiça. A decisão veio após Bolsonaro influenciar diretamente na diretoria da Polícia Federal.

Bolsonaro demitiu o chefe da PF para colocar alguém de sua própria escolha. Moro já tinha dito que o seu escolhido era intocável e determinante para sua permanência no governo.

 

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.