Lázaro Barbosa dormia há cinco dias em propriedade de fazendeiro preso, diz caseiro a polícia

O caseiro que foi preso por suspeita de estar ajudando o criminoso Lázaro Barbosa a fugir, contou em seu depoimento para a polícia que o suspeito de assassinar uma família em Ceilândia estava dormindo na fazenda onde ele trabalhava já tinha 5 dias. Os policiais que vem tentando capturar o serial killer foram proibidos de entrar na propriedade pelo dono, segundo informações do boletim de ocorrências registrado. Ambos ainda estão presos até as 12h desta sexta-feira, dia 25.

Segundo o boletim de ocorrências, os agentes receberam uma denúncia de que o criminoso estaria em uma fazenda da região. Quando chegaram até a propriedade na quarta-feira, dia 23, o dono do local relatou que não queria que os policiais entrassem para que as buscas fossem realizadas.

Um dia depois, os policiais retornam a fazenda e dessa vez conseguiram entrar. Segundo informações que foram dadas pelo caseiro, ele contou que o dono da fazenda estava ajudando Lázaro dando comida e deixando ele dormir na residência. O dono da fazenda não fez nenhuma declaração durante o depoimento.

O advogado Ilvan Silva Barbosa negou que seus clientes tenham qualquer tipo de relação com o criminoso mais procurado pela polícia. Em coletiva, depois da prisão de ambos suspeitos, o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, contou que eles chegaram a confessar que estavam ajudando o foragido.

Nas redes sociais os internautas enaltecem o trabalho da polícia e reconhecem toda a dificuldade que os profissionais estão enfrentando.

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.