Médica de vídeo publicado por Madonna diz que Jesus irá destruir o Facebook

Stella Immanuel tem se destacado por várias opiniões polêmicas durante a pandemia.

A médica Stella Immanuel, motivo pela qual a cantora Madonna foi ‘cancelada’ nos últimos dias nas redes sociais, após ter publicado um vídeo em que a mesma aparece defendendo o uso de cloroquina no tratamento para o Covid-19, está se destacando devido a vários comentários polêmicos em relação a diversos assuntos.

Nesta semana, Madonna se tornou alvo de muitas críticas, após o vídeo em que a médica aparece em frente a repórteres alegando que havia tratado vária pessoas com Covid-19 com o medicamento em questão.

No vídeo, Stella explica que vem tratando desde o começo da pandemia os seus pacientes fazendo uso do medicamento, que até o momento não se tem comprovação alguma de que é eficaz de fato contra o vírus.

Além deste posicionamento polêmico a respeito do medicamento, a  médica ainda deu uma declaração recente onde destacou que acredita que Jesus será responsável por destruir o Facebook, caso a publicação que foi feita por ela não seja restaurada nas redes sociais em questão.

Através de uma publicação feita em seu perfil do Twitter, a médica endereçou uma mensagem ao Facebook, pedindo que colocasse e volta em seu perfil os vídeos que foram publicados por ela.

A médica ainda destacou que o site de relacionamentos não é maior do que Deus, e que os computadores da empresa começariam a quebrar caso as publicações feitas por ela não fossem novamente colocadas no ar. Em seguida, Stella garantiu que se a sua página não voltasse para o ar, o Facebook cairia em nome de Jesus.

Nos últimos dias a médica tem ganhado mais atenção devido aos seus posicionamentos polêmicos em relação a pandemia do Covid-19. Stella apareceu e um vídeo recente, o mesmo publicado por Madonna, na frente de vários repórteres, onde explicava que vinha fazendo uso do medicamento.

Este medicamento no entanto, não foi comprovado pela ciência até o presente momento como um tratamento real para a doença. O mesmo medicamento inclusive é defendido  pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e também por Jair Bolsonaro.

Na gravação, Stella garante que 350 pacientes que ela tratou, com Covid-19, usando da hidroxicloroquina, foram curados da doença e que nenhum deles morreu sob seus cuidados. Este vídeo foi compartilhado por Madonna através de seu perfil no Instagram, onde a cantora chegou até mesmo a descrever a médica como sendo sua heroína. A publicação de Madonna no entanto foi sinalizada pela rede social como uma informação falsa, e logo depois a mesma chegou a apaga-la.

A médica conta com várias opiniões que são altamente questionadas por outros profissionais da área. Ela ainda chegou a declarar que acredita que doença ginecológicas podem ser causadas por sexo com alma do mal, além de compartilhar da ideia de que os Estados Unidos estariam sendo governados por espíritos reptilianos. O medicamento que é defendido pela médica, Trump e Bolsonaro foi alvo de várias pesquisas que até o momento apontam apenas que ele não foi eficaz ainda contra a doença em questão.

 

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.