Ministério Público pede a prisão de padre Robson por suspeita de fraude

Embora o MP tenha solicitado a prisão do padre, a Justiça negou.

O padre Robson de Oliveira Pereira acabou tendo o seu nome envolvido em um grande escândalo.

De acordo com a promotoria, padre Robson supostamente teria se apropriado de recursos da Associação dos Filhos do Pai Eterno de forma indevida.

A associação foi criada pelo próprio padre em Trindade. Em média, a associação tem uma movimentação de aproximadamente R$ 20.000.000,00 por mês.

Diante da situação o Ministério Público de Goiás decidiu entrar com um pedido para que a Justiça mandasse prender o padre. Padre Robson é o atual reitor do Santuário Basílica de Trindade.

Embora o MP tenha feito o pedido para que o padre fosse preso, a Justiça não atendeu a solicitação.

Arquidiocese de Goiânia se manifesta em relação ao assunto

A Arquidiocese decidiu se manifesta em relação a todo esse escândalo que vem acontece. Foi dito que estão observando de perto o trabalho do MP e estão esperando que os fatos sejam verificados com eficácia e também se disponibilizaram a colaborar com toda a investigação para que tudo isso seja solucionado.

Repercussão na web

O caso tem dado o que falar nas redes sociais. Muitos internautas estão comentando o assunto. Existem aqueles que defendem e acreditam na inocência de padre Robson. Por outro lado, outros internautas pensam que é necessário esperar a conclusão das investigações e por esse motivo preferem não opinar a respeito da integridade do padre Robson.

 

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.