Novo ciclone bomba ameaça regiões do Brasil com chuvas torrenciais, ventania e queda brusca de temperatura

O ciclone bomba foi confirmado pela Marinha, confira

No ano de 2020 o Brasil vivenciou o acontecimento de diversos fenômenos naturais. Recentemente o Clima Tempo e a Marinha, confirmaram o surgimento de um novo ciclone bomba.

Ele deverá atingir as regiões do Sudeste e a costa Sul do país com ventos de até 90km/h. A região Sul deve ser a mais atingida pelo fenômeno e o ciclone pode ser capaz de provocar chuvas torrenciais.

Outra consequência do ciclone que também é uma possibilidade é a queda brusca da temperatura em alguns locais. Heriberto dos Anjos, especialista e meteorologista do Clima Tempo, falou sobre o ciclone.

Segundo Anjos, o ciclone vai atingir o estado de Minas Gerais, porém, quando chegar ao estado mineiro, estará com pouca força. A Zona da Mata deve ser a região de maior impacto, porém, bem inferior ao comparar com as outras regiões.

O especialista também esclareceu algumas questões em relação ao ciclone e as consequências no estado mineiro. Para Heriberto, é improvável que o fenômeno faça chover em Minas Gerais.

A temperatura não deve cair e sim aumentar cada vez mais a partir da quinta-feira, dia 17 de setembro. Apesar do nome, ‘ciclone bomba’, não se trata de um fenômeno destrutivo.

O nome do ciclone tem relação com as frentes frias. O termo é usado quando reúne regiões com baixa pressão atmosférica e não é motivo para preocupação dos brasileiros. Este não é como o ciclone do mês de julho que causou destruição no Sul do país.

 

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.