Youtuber virá réu por realizar comentários racistas na “web”

As acusações partem do ano 2011 até 2018 com influenciador possuindo atualmente mais de 14 milhões de inscritos

Youtuber virá réu por realizar comentários racistas na “web”.

As acusações partem do ano 2011 até 2018 com influenciador possuindo atualmente mais de 14 milhões de inscritos no seu canal do youtuber grande parte de seus processos visam a possibilidade de alavancar o ato racista.

Em uma de suas postagens no ano retrasado o youtuber fez um vídeo pedindo desculpas por realizar comentário racista contra o jogador europeu “Mbappé”.

Júlio Cocielo deverá apresentar seu processo de defesa em até 2 semanas caso ao contrário terá que enfrentar o sistema que lhe concede de 2 a 5 anos de prisão.

Em suas acusações feitas pelo ministério público o seu processo judicial conta com provas de comentários racistas durante 6 anos ou seja, desde seu começo no canal “CANALCANALHA”ele veio realizando tais atos que só agregaram de forma negativa em seu processo.

Até o dia de hoje Júlio não apresentou nenhum advogado para prestar sua defesa, na rede social ele menciona que não entende o porquê de postar tanta “baboseira” se senti muito envergonhado por mencionar coisas absurdas.

No posto do Twitter é possível analisar que foram mais de 50 mil postagens na rede apagados dentre sua publicação racista feita contra o jogador Mbappé, para promotora os comentários do Youtuber apenas encoraja aqueles estereótipos raciais.

Antes de se tornar réu em processos do ministério público Júlio afirma que aceita todas as consequências, pois naquele instante agiu prematuro e com muita irresponsabilidade.

Escrito por Melissa Lopes

Trazendo "De tudo um pouco" por aqui. Relacionamento, notícias, curiosidades, receitinhas que amamos! Seja bem vindo!